UA-51035646-1 UA-51035646-1

O novo normal

Estamos passando por um período de muitas mudanças. Mudanças sociais, ecológicas, psicológicas e econômicas. Mudanças de larga escala e outras, simples e diárias.


O que esse período pode nos ensinar? Como vai ser voltar ao “normal” depois que tudo isso passar?


O que significa “voltar ao normal”?


Poder cumprimentar aquele vizinho que você via e acenava todos os dias, do outro lado da rua. Ir à feira para comprar legumes e vegetais frescos, para fazer um almoço com amigos e familiares, todos reunidos.


Netos abraçando seus avós sem medo, as gerações se mesclando e interagindo. Bebês nascidos nesse novo mundo recebem carinho e mimos, sorriem para uma nova era.


O encontro dos apaixonados acontece novamente; namorados que, antes afastados, selam o amor para enfrentar a vida juntos. E, para os amantes da vida, é uma oportunidade de se entregar ainda mais a ela.


Os aventureiros cortam trilhas e desbravam mares atrás da adrenalina antes tão sufocada. Já os viajantes, fazem planos e combinam destinos para encontrar o pôr do sol perfeito.


Trabalhadores sempre cansados da correria, sorrindo um para o outro em uma segunda-feira gelada, felizes por estarem ali. Transportes públicos cheios de pessoas de todos os tipos, indo fazer suas vidas acontecerem.


Cinemas com cheiro de pipoca de portas abertas para grandes estreias e grandes reações. Os telões espelham a arte e refletem nos óculos que protegem os olhos fascinados do público.


Estádios lotados que vibram com a voz das torcidas ao verem o jogador do seu time fazer o primeiro gol e dedicar a eles. Os bares cheios, em comemoração, unindo estranhos pelo mesmo motivo.


As noites voltam a ganhar vida: artistas de rua por todos os lugares, muitas luzes e interação. A cidade fica colorida.


Os presentes serão mais valorizados, dados com carinho e pensados com a amor. As pessoas tirarão seus pijamas e se vestirão para obter olhares. As compras serão feitas a partir do desejo de se arrumar, para si e para o outro.


Agora, com a abertura gradual do comércio, tudo deve voltar ao normal.


O “normal” passa a se tornar mais caloroso, mais gentil, mais solidário. Viver no normal vai ser amar mais, cuidar mais, proteger mais e se unir mais.


Faça, deste normal, novo e melhor.


51 visualizações
veraociademoda.png
CONTATO
ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR
PEGUNTAS E RESPOSTAS
TROCAS E DEVOLUÇÕES
PRIVACIDADE E SEGURANÇA
TABELA DE MEDIDAS

ASSINE NOSSO BLOG

SIGA-NOS ATRAVÉS DAS MÍDIAS SOCIAIS

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone

©  2 0 1 9    |     T O D O S   D I R E I T O S   R E S E R V A D O S   -   C I A   D E   M O D A